Safra de soja em Minas cresce 5%

Minas Gerais deverá colher neste ano a segunda maior safra de soja da história no Estado. Segundo o levantamento divulgado nesta quinta-feira (7) pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), a produção das lavouras mineiras de soja em 2009 será de 2,66 milhões de toneladas. O volume representa 5% de crescimento em relação ao ano passado e fica atrás apenas da produção colhida em 2005, que foi de 3 milhões de toneladas.  



O aumento da produção mineira foi impulsionado pelo crescimento da área plantada que, nesta safra, foi de 903 mil hectares, ou 3,8% maior em relação à safra anterior. A produtividade média das lavouras também cresceu: 1,3%. Por outro lado, a safra nacional do grão vai apresentar uma redução de 4% na produção e de 5,5% na produtividade das lavouras. Segundo a Conab, a redução da produtividade nacional foi provocada pela queda do uso de fertilizantes e pela estiagem no Paraná.

Minas Gerais ocupa o quinto lugar na produção nacional de soja. Os municípios que mais investem na cultura estão concentrados no Triângulo Mineiro, Noroeste e no Alto Paranaíba. Nos primeiros três meses deste ano, a exportações mineiras do complexo soja (grão, farelo e óleo) crescerem 45%, movimentando US$ 48,4 milhões, segundo o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC).“ O mercado internacional da soja está aquecido, graças à demanda chinesa pelo produto e à quebra de safra da Argentina”, explica o superintendente de Política e Economia Agrícola da Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento de Minas Gerais, João Ricardo Albanez.  Na segunda quinzena de abril, o preço da saca da soja em Uberlândia, no Triângulo Mineiro, apresentou uma valorização de 5,8% em relação à primeira quinzena.

Corredor de exportação


Em abril, a Ferrovia Centro-Atlântica/Vale, em parceria com o Governo de Minas, inaugurou o Terminal Intermodal, em Pirapora, na região Norte, para o escoamento da produção mineira dos grãos cultivados no Noroeste.  A estrutura permite o escoamento da safra  colhida na região até o Porto de Tubarão (ES). Todo o projeto, que recebeu R$ 300 milhões da Vale, tem estimativa de geração de cerca de 20 mil empregos em toda a cadeia produtiva.   O projeto do corredor logístico para exportação inclui silos, estacionamentos para carretas e a possibilidade de movimentar um milhão de toneladas por ano. O Governo de Minas está pavimentando diversos trechos das rodovias estaduais que ligam os municípios produtores do Noroeste ao terminal de Pirapora.


Safra de grãos e café


O levantamento da safra 2009 divulgado pela Conab informa que a produção total de grão no Estado deve se manter estável neste ano, com queda de apenas 0,3% em relação a 2008. A colheita será de 10,19 milhões de toneladas. O milho, a soja e o feijão são os principais grãos cultivados em Minas Gerais.  

Já a  estimativa da Conab para  a safra de café em  2009 aponta que, em Minas, a produção  vai alcançar 19,2 milhões de sacas (60kg). Este volume equivale a 49,2% da produção total de café do Brasil, estimada neste ano em 39,1 milhões de sacas.  

Minas Gerais apresenta, segundo a estimativa, uma redução de safra de 19,3% em relação ao ano passado. Segundo João Ricardo Albanez, a redução dos números da cafeicultura ocorre por causa da bianualidade da cultura, com  alternância de safra alta em um ano e retração no ano seguinte.      


Com base nos dados da Conab, o superintendente acrescenta que a regularização das chuvas a partir de janeiro impediu uma queda mais acentuada das lavouras de café.  Os produtores diminuíram os tratos culturais das lavouras nesta safra por causa dos preços elevados dos insumos, mas contaram em compensação com condições climáticas favoráveis. “A boa distribuição das chuvas resultou em produção acima da expectativa da primeira previsão divulgada em janeiro de 2009”, acentua Albanez.  

Online

Temos 10 visitantes e Nenhum membro online

Entre em contato

(38) 3634-1104

O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Chapada Gaúcha MG - Av. Getulio Vargas 41 Centro CEP: 39.314-000